Posts

Dicas de como publicar um livro

Escrever é gratificante e ver suas obras publicadas um verdadeiro motivo de orgulho, entretanto para chegar até esse estágio é preciso conhecer diversos processos, por isso vamos passar dicas essenciais para quem pretende publicar um livro.

Tenha sempre em mente um objetivo. Faça uma análise e tenha em mente alguns pontos como: Sobre o que fala seu livro? Para quem ele é direcionado? Você já tem um público que comprará seu livro com toda certeza? E, o principal: quantos livros você espera vender?

É muito importante ter uma visão realista do cenário onde você pretende inserir a sua obra. Algumas pessoas escrevem livros apenas para a família, e não esperam vender em livrarias, nem fazer uma grande distribuição. Isso é uma coisa maravilhosa, porque estas pessoas têm um objetivo definido e vão buscar o que precisam, evitando gastos desnecessários. Também existem autores que já possuem um público maior logo de início, como, por exemplo, certos professores que decidem publicar livros sobre suas matérias. Estes terão um público garantido, pois seus alunos provavelmente adquirirão, e por isso será necessária uma tiragem maior.

É com base nos seus objetivos que você irá estruturar todo o planejamento do seu livro, mas, antes de achar que a sua obra merece ser lida, é preciso também que uma editora “compre” a sua ideia para que ela possa ficar imortalizada nas folhas de papel.
E a primeira providência que o escritor deve ter é enviar o material para revisão ortográfica e gramatical. Com o livro revisado, é preciso procurar uma editora, com uma cópia digital e duas cópias impressas, e entregá-las para apreciação.

A editora recebe o material e encaminha para o seu conselho editorial para análise. Esse grupo, formado em geral por professores de literatura, sociólogos e escritores, vai examinar o texto e verificar se ele está de acordo com a linha editorial da empresa, se possui qualidade literária, estética e viabilidade econômica.
Quando o conselho editorial aprova o livro, aí o autor é procurado pela editora para se discutir as condições de publicação da obra. Acontece também de a editora não assumir a publicação integral, então o próprio autor precisa conseguir um patrocínio.

A partir do acordo feito entre as duas partes, a editora começa a trabalhar na obra, a fazer editoração, arte da capa e impressão dos exemplares. Após a entrega de todo o material pela gráfica, o autor poderá fazer o lançamento do livro.

 

Fonte: Blogs- Alexandre de Castro Gomes e “Em tempo”

A importância da capa do livro

A embalagem é o primeiro contato do consumidor com o produto e a sensação que ela provoca poderá decidir uma compra, independente do conteúdo desta embalagem. Isto porque se supõe o conteúdo pela embalagem. São sensações não totalmente conscientes, mas, que norteiam as ações humanas, seus hábitos e consumo.
Quando falamos de livros, a capa e o título são o primeiro contato que o leitor terá com a obra. O que ele vê primeiro deve incitá-lo a abrir e, efetivamente, consumir o livro.
Como embalagem do livro, a capa tem o papel de transmitir o espírito do livro, revelando parte de sua alma e instigando o leitor a desvendar os mistérios contidos por detrás de sua capa.
É necessário verificar alguns aspectos pra a capa, como se ela deve ter ilustrações, fotos, gravuras? Que elementos estas imagens devem apresentar? Como eles se ligam a obra? Que expectativas no leitor eles geram? Que cores e que fontes devem ser usadas para apresentar o título? Qual o posicionamento deve se dar a ele? O título deve vir antes ou depois do nome do autor? Se o nome do autor está em destaque ele chama mais a atenção do leitor?
Portanto, a capa do livro faz parte da magia. É a arte de persuadir pela arte. É a beleza estética unida ao apuro na redação do título que decidem, por vezes, o destino de uma obra nas prateleiras de livrarias ou nos sites da Internet.

 

Fonte: Design Editorial