Posts

Lançamento: Acesso à justiça- Uma perspectiva da democratização da administração da justiça nas dimensões social, política e econômica.

A Editora Boreal acaba de lançar o novo livro de Dirceu Pereira Siqueira e Flávio Luis de Oliveira, Acesso à justiça.
Voltado para todos os profissionais e estudantes da área de Direito é uma excelente fonte de pesquisa e informação.

Saiba mais sobre a obra:

A jurisdição e o tema do acesso à justiça devem ser focalizados com base nas linhas do Estado Democrático de Direito. A jurisdição visando à realização dos fins do Estado, fins que tomam a liberdade e a igualdade em termos que diferem amplamente daqueles que influenciaram as mais prestigiadas teorias sobre a jurisdição.
A democratização da administração da justiça é uma dimensão fundamental da democrati­zação da vida social, econômica e política. Esta democratização, portanto, não se deve limitar à constituição interna do processo e do pro­cedimento, pois, apesar de amplas, têm limites óbvios. A jurisdição deve materializar um “in­tervencionismo substancialista”, em nada com­parado com a neutralidade inerente ao modelo liberal, individualista, normativista que per­meia a dogmática jurídica brasileira.
Da análise e enfrentamento dessa questão poderá resultar certa fratura ideológica que pode ter repercussões organizativas, sem perder de vista a lealdade aos ideais sociais e políticos da sociedade brasileira. É deste cenário que emerge a presente obra, buscando reunir reflexões importantíssimas acerca da temática, ora desenvolvidas por autores já con­sagrados, ora por autores em pleno desenvolvi­mento acadêmico, porém, cada autor foi escol­hido e convidado a participar do grupo, por apresentar um brilhantismo próprio e peculiar, de modo a habilitá-lo para a tarefa.

Clique aqui e veja mais informações sobre este lançamento.

A importância da capa do livro

A embalagem é o primeiro contato do consumidor com o produto e a sensação que ela provoca poderá decidir uma compra, independente do conteúdo desta embalagem. Isto porque se supõe o conteúdo pela embalagem. São sensações não totalmente conscientes, mas, que norteiam as ações humanas, seus hábitos e consumo.
Quando falamos de livros, a capa e o título são o primeiro contato que o leitor terá com a obra. O que ele vê primeiro deve incitá-lo a abrir e, efetivamente, consumir o livro.
Como embalagem do livro, a capa tem o papel de transmitir o espírito do livro, revelando parte de sua alma e instigando o leitor a desvendar os mistérios contidos por detrás de sua capa.
É necessário verificar alguns aspectos pra a capa, como se ela deve ter ilustrações, fotos, gravuras? Que elementos estas imagens devem apresentar? Como eles se ligam a obra? Que expectativas no leitor eles geram? Que cores e que fontes devem ser usadas para apresentar o título? Qual o posicionamento deve se dar a ele? O título deve vir antes ou depois do nome do autor? Se o nome do autor está em destaque ele chama mais a atenção do leitor?
Portanto, a capa do livro faz parte da magia. É a arte de persuadir pela arte. É a beleza estética unida ao apuro na redação do título que decidem, por vezes, o destino de uma obra nas prateleiras de livrarias ou nos sites da Internet.

 

Fonte: Design Editorial